6 de outubro de 2021

Governador do Distrito 4720, Cumpre Agenda em Parauapebas

 



O Distrito 4720, do Rotary Club Internacional, através do seu Governador, o rotariano Gerson Aoki, está visitando juntamente com sua família os clubes que compõe o Distrito, e nesta segunda – feira foi a vez de Parauapebas receber a visita da família de rotarianos que está à frente do Distrito 4720, o maior em extensão territorial. A visita faz parte da agenda de Gerson Aoki, que está percorrendo os clubes do Sul do Pará.



Logo com a chegada do Governador, rotarianos de Parauapebas acompanhados do presidente do Club, José Raimundo Sampaio, recepcionaram a família Aoki, no hotel, onde realizaram uma reunião bastante produtiva.


A noite já com todos os rotarianos e convidados presentes, foi possível realizar uma reunião festiva, na sede da Associação Comercial e Industrial de Parauapebas – ACIP, onde o Governador fez uma belíssima apresentação sobre os serviços humanitários desenvolvidos por clubes de Manaus e de todo o Distrito. Gerson Aoki foi enfático em dizer que para fazer caridade é preciso ter amor e que somente amando o Rotary é possível permanecer nele.



Finalizando sua apresentação Gerson Aoki, convidou os presentes para a 42ª Conferência Distrital, que será realizará em abril, na cidade de Manaus.


Na terça pela manhã a comitiva do Governador foi visitar o marco rotário e a sede do Rotary Club de Parauapebas, na companhia do presidente, da vice-presidente Paloma da Silva Ferreira  e do presidente da sede do Club Eleonan Almeida dos Santos.


Para José Raimundo a visita do Governador Gerson Aoki, sua esposa Edna e o filho Willian Aoki, fortalece a entidade e os rotarianos em continuar nesse trabalho voluntário, de servir. 











1 de outubro de 2021

Outubro Chegou Trazendo Uma Mensagem Especial!




 Outubro chegou, trazendo uma mensagem especial para você mulher, mãe!

Esse mês é para te lembrar do cuidado que devemos ter com nossa mama. Um carinho especial. Nossa saúde merece atenção. Fazer o auto exame de mama sempre uma semana após a menstruação  deve fazer parte da rotina.

Outubro é um mês com simbolismo rosa para te lembrar durante todo o mês, que o cuidado deve ser frequente. Enquanto escrevo esse texto, estou me cobrando tanto, de nunca ter realizado uma mamografia. E olha que já tenho 42 anos. Como me sinto irresponsável. 


Mas ainda hoje vou agendar uma consulta com ginecologista e resolver essa parada. Pois eu tenho e rpeciso me cuidar.


Agora eu querof alar de um saber super curioso he he, sobre outubro. Outubro começa sempre no mesmo dia da semana que o mês de janeiro, exceto quando o ano é bissexto. Olha que coisa interessante. 


Outubro também é o mês das crianças, mês religioso de Nossa Senhora de Nazaré e de Nossa Senhora Aprecida.

24 de setembro de 2021

Confissões Reais do Cotidiano de Uma Mulher

 Geralmente as pessoas confessam o que não precisam confessar. Falar da nossa dor, não é muito fácil. É como ficar nu a frente de uma multidão. 


Cada um de nós somos um universo de experiências. E eu criei alguns anos esse blog, que é um instrumento que me valho sempre que preciso encostar a cabeça no ombro de alguém. Hoje percebi que esse blogger é o amigo que está sempre a postos, que não precisa ser acionado.




E hoje quero confessar-te, meu querido blog. Eu quero muito dizer que... 


  • Eu quero estar casada a olhar um álbum de fotografias, mas não estou. Eu poderia tentar dizer que sou uma daquelas namoradas super legais que não pensa e nem fala nesse tipo de coisa mas essa seria uma grande mentira.


  •  Sinto que a vida estagnou às vezes. Estamos na fase de casados com crianças na idade escolar. Eu ainda não descobri o que você deve fazer neste período que você já conheceu "o cara" e você se estabeleceu em viver a vida suburbana juntos. Viver o momento? Estou tentando, estou tentando. Eu realmente estou.


  • 👎 Há sacolas de lixo embaixo da minha pia. Provavelmente irão ficar lá até amanhã quando começar a cheirar mal e então alguém retirá-las. Também, tenho roupas sujas pelo chão. Sim, eu mesma as jogo. Quando chego em casa, eu vou direto para meu quarto, me dispo e as jogo no chão. Pois o que eu quero é só tomar um banho. Geralmente estou pingando de suor.


  • Eu estou há 15 dias sem esmaltar a unha. Isso me deixa deprimida e em estado de estresse. Não me julguem e nem perguntem por que, pois eu não sei. Só sei que fico à beira de dar um soco em alguém.


  • Parei mais uma vez o projeto de fazer academia. São alguns fatores: financeiros, de saúde e falta de apoio mesmo. Sem forças, sem estímulo. Eu preciso daquela mola propulsora, eu preciso estar bem para fazer qualquer coisa que seja.


  • As vezes aparece bolhas na minha testa, parece herpes, mas não é. Ultimamente tenho tido sintomas de alto nível de estresse e ansiedade, como alergias, inchaços nos lábios e enxaqueca. E isso parece a treva! 


Agora vocês devem estar sorrindo, (isso realmente é cômico), ou preocupados se perguntando se já procurei ajuda. Digo, sim. Já procurei auxílio a quem estar mais perto de mim. 

Que papo brabo pra uma sexta-feira em, (gargalhadas). 

Ok, ok. Eu vou aproveitar o final de semana e procurar ficar bem, e também vou dar um jeito no lixo embaixo da pia.

 

Feliz sexta-feira, pessoal. Esperamos a semana toda por isso.

 Beijos 👄👄👄

11 de setembro de 2021

Noite de Autógrafos: Olinto Vieira Lança Seu 2º Livro

Booom Dia! 🌸🌸


Aproveitando a manhã em casa, 🏠vou postar um texto super informativo de autoria do colega Francesco Costa, que enviou ao Blog, falando da noite de lançamento do Livro, Quando Éramos Reis, de Olinto Vieira. 






Do Vale do Jequitinhonha (MG) para Parauapebas (PA), onde já mora há 22 anos, Olinto Vieira trouxe consigo o gosto pela arte, sendo uma delas a literatura. 

O garoto, descendente de mineiros simples do interior, já escrevia poesias desde sua adolescência, tendo depois se arriscados nos rabiscos que hoje são lindas telas nas quais estampam sua “realidade oculta”. 



“No período escolar, na época chamado de primário, eu fazia caricatura dos professores; e hoje sou surpreendido por algumas que foram guardadas”, lembra Olinto, mensurando que, de risco a rabiscos, já e grande sua coleção de arte.


Mas, como todo poeta, Olindo é um sujeito discreto e, de certo modo, tímido. Tendo revelado suas habilidades poéticas apenas para amigos e nas colunas de diversos jornais impressos, estando entre eles: O Regional, Carajás o Jornal e Correio do Pará; que publicaram suas poesias e crônicas por vários anos. 


 Porém, chegou o momento de tornar, ainda mais, público suas poesias através a publicação de um livro. E nada mais digno e justo do que reunir os amigos para testemunhar essa conquista. O que ocorreu na NOITE DE AUTÓGRAFOS, na noite desta quinta-feira, momento em que Olinto Vieira autografou diversos exemplares de seu livro QUANDO ÉRAMOS REIS, obra que reúne mais de 100 poemas de sua autoria, publicado pela editora FOLHEANDO. “A primeira edição esgotou. Não esperava tamanha aceitação. Mas, providenciaremos outra tiragem para que outras pessoas possam ter acesso à coletânea de poesia”, afirmou Olinto Vieira, com a modéstia que cabe aos poetas. 


Luís Eustórgio, administrador da Prefeitura de Parauapebas, também prestigiou o evento.


Não foi apenas a venda dos livros que mostrou a aceitação dos presentes. Mas, além de lerem ali mesmo o conteúdo, muitos deles declamaram a poesia que elegia como a melhor. Depois, foi a vez do escritor bater um papo descontraído com a jornalista Hanny Amoras, momento em que, além de contar um pouco de sua trajetória artística, demonstrou seu bom humor e a fé na vida e no ser humano; o que ele deixou claro na primeira frase da primeira poesia publicada no livro: “Poesia é poeira de estrelas, deixada por Deus para brilhar o mundo”.  

Eu ladeada por Line Cássia e Juliana, responsáveis pela organização do evento.


O livro QUANDO ÉRAMOS REIS traz o prefácio de Geraldo Abdala, médico neurologista, cronista, professor universitário e professor de vida.

A dedicatória da obra foi à Marlene Campos Vieira, mãe de Olinto Vieira, a quem qualifica como sua inspiradora.




NOITE DE AUTÓGRAFOS: Contando com a presença de vários amigos (maioria advogados e jornalistas), representante da APL - Academia Parauapebense de Letras, e OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, a noite de autógrafos para o lançamento do livro QUANDO ÉRAMOS REIS ocorreu no Espaço Dom Mendonça, a partir das 19 horas desta quinta-feira, 9.   


E quem também adquiriu um exemplar foi minha princesa Maria Luiza.

A música  ficou a cargo dos amigos que se juntaram e formaram um trio que deu show à altura do evento: Dulci Cunha (voz e flauta), Felipe de Judah (voz e violão) e Peixinho (vibes – bateria). 

(Reportagem: Francesco Costa)


Vamos ver mais fotos do evento.







10 de setembro de 2021

Meu Resultado de Um Mês na Academia!

Um mês de academia, e tudo que tenho são joelhos super doloridos e coluna travada.

É,  isso é horrível. Um caso atípico de quem tem 42 anos e resolveu pela primeira vez fazer exercícios físicos na academia.

 

Sem falar na decisão de começar que é um passo importante na vida de quem quem quer modificar o corpo seja para emagrecer, ganhar massa magra ou simplesmente exercitar o corpo para manter-se saudável.

Independente do objetivo, realizar exercícios físicos traz diversos benefícios para a saúde, como aumentar a disposição para as tarefas diárias e diminuir o risco de doenças cardiovasculares. O que não foi bem meu casos (risos).

 É sério eu queria escrever sobre meus resultados e sobre coisas boas que o 

exercício proporciona, mas enquanto escrevo aqui no silêncio do meu quarto, eu sinto dores. Então, não dá!

 


Eu sempre tive muitas dúvidas e via academia como bicho papão. Tinha verdadeira aversão a prática de musculação, apesar de achar bonito  corpos bem modelados.

 Então foi basicamente isso, eu comprei duas ou três roupas de praticar esporte, comecei correndo para sair do estado de corpo adormecido, para depois ir para academia. Estava indo tudo bem, até a segunda semana. Continuei os treinos com as dores, que passaram, mas resolveram aparecer de forma mais intensa essa semana.

Antes de iniciar o primeiro treino pode haver dúvidas, eu tinha muitas, além de existirem alguns pontos de atenção para que tudo ocorra da melhor maneira possível. O primeiro dia da academia pode ser desafiador, eu tive acompanhamento de um profissional que me mostrou a forma correta de executar os exercícios.

Entre todos os pesares, a principal observação que eu fiz em todos as vezes que fui a academia é que eu só me sinto bem se malhar num horário com menos pessoas. Seu eu pudesse eu malhava sozinha, há, há.

Mas, você deve estar se perguntando, que texto mais desestimulador. Pelo contrário, estou compartilhando o desafio de uma mulher mãe de três filhos, que inicia aos 42 anos a prática de atividades físicas.

E você faz alguma atividade física, e quando começou. Conte  sua experiência nos comentários.



Topo