30 de agosto de 2018

Adaptação Escolar na Segunda Infância


Precisamos falar sobre isso, adaptação escolar.
A entrada dos nossos pimpolhos na pré-escola, na segunda infância, é um tema que envolve tantos sentimentos em cada mãe e em cada filho em diversas proporções, e até  pode parecer simples para quem não está envolvido no processo.

A nossa cabecinha de mãe fica cheia de interrogações. E o aperto no coração, dói de verdade. E não tem jeito, sempre vem a culpa de deixar nossos filhos num ambiente desconhecido pra eles. Claro que essa culpa é amenizada e extinta quando com o passar dos dias eles vão todos felizes para o Colégio.

Com o Pedro Augusto a adaptação escolar durou uma semana. Hoje com menos de um mês frequentando o ambiente escolar, ele já chega a pedir para ir pro colégio.  

A adaptação costuma ser mais fácil ou mais difícil dependendo bastante da criação, ou seja, a adaptação no ambiente escolar reflete um pouco o nível de dependência ou independência da criança em relação a presença dos pais.

Mesmo super dependente de mim, o Pedro conseguiu se inserir muito bem no ambiente escolar. Vejo que a idade da criança também costuma fazer diferença nessa adaptação. Eu escolhi colocar o meu filho apenas no início da segunda infância na escola por uma opção pessoal. Mas isso é relevante entre as famílias, cada mãe e pai sabem de suas reais necessidades.

Hoje eu estou totalmente tranquila quanto a iniciação da vida escolar do Pedro Augusto. Tenho  um super parceiro que é o Colégio Bethel, onde vem me surpreendendo com a abordagem educacional com meu filhote.



Topo