1 de maio de 2022

O Beija-Flor!

 

Meus amores, conseguir chegar até aqui novamente. Por uma obra do Pai. O  bloqueio criativo ainda persiste e insiste por aqui. Porém, quero compartilhar  meu milagre. 👇


Acontecimento ocorrido na manhã do dia 29 de abril de 2022.


Acordei cedo àquela manhã, me dirigi até a varanda. Queria conversar com o sol, então era um pouco antes das 06h30.


Uma agonia tomava conta do meu ser. Eu aguardava o nascer do sol, já era Aurora, mas não conseguia vislumbrar o circulo de Luz. 


Estava bastante aflita, meus pensamentos oscilavam em bons e ruins. 


Então pedi a misericórdia de Deus. Implorei pela intervenção divina em minha vida. Foi quando de repente me assustei, (o termo é esse, assustei pelo inesperado chamando totalmente minha atenção), com um barulho de um voo rasante de um Beija-Flor.


Ele parou do meu lado esquerdo, fez dois movimentos, e como uma Luz na minha memória, eu identifiquei com uma voz falando dentro do meu coração. É o Mestre!


Nesse exato momento ele voou para a parte abaixo de onde eu estava no meu prédio, o segundo andar e ficou também na varanda. 


De onde eu estava sentada, bem próximo a grade de proteção, eu sabia que ele ainda estava lá por que eu ouvia o barulho das suas asas batendo numa velocidade impressionante.


Então eu me levantei da cadeira, coloquei minhas mãos na grade de proteção e olhei para baixo, onde o avistei. Nesse momento, de forma bem rápida, o Beija-Flor deu outro voo rasante, e desta vez ele parou bem à frente da minha face. Ele ficou a uma distância de uns 50 cm de mim, parado no ar. O impressionante de tudo é que ele se centralizou no centro do meu olhar, no meu terceiro olho. 


Eu pude observa-lo por alguns segundos, foi muito rápido, mas parecia uma imensidão de magia. Eu conseguir olhar seu bico tão fino e o verde bandeira de suas penas, suas asas tão velozes, ele tão pequenino, tão leve, tão cheio de beleza.


Então ele partiu voando para o Flamboyant que tem na praça bem na posição a frente de onde eu estava e sumiu entre as folhagens. 


Eu cai em prantos. Eu entendi tudo naquele momento. Liberta pela natureza divina, pelo Beija-flor. 

Foi como pegar todo sentimento ruim e tirar do meu coração. Eu pude ver toda a beleza da vida. 

Eu não consigo descrever em palavras tão incrível foi esse momento. Sim esse, pois ele ainda está aqui, em mim morando. 


Meu lindo, doce e adorável Beija-Flor. Gratidão pela visita. 


Vou deixar uma canção que enaltece esse lindo pássaro das Américas. E fala exatamente do voo do beija-flor.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo