18 de junho de 2018

Como Desenvolver Novas Virtudes


Estava navegando pelos poemas e pensamentos do querido amigo Roberto Alencar, que escreve de uma forma belíssima e bastante compreensiva. Um talento na arte de expressar sentimentos da vida e da alma. Me deparei com o seguinte texto: 



Estou vivendo um momento de cura interior e olhando mais devagar para dentro de mim, da minha alma. Então fiquei pensando cá com meus botões o que eu tenho feito para desenvolver novas virtudes e também as as que eu já possuo.

Não pensei muito cheguei a conclusão que tenho feito pouco, mediante ao tanto que eu preciso desenvolver minhas competências. 

Ser grata ou ter gratidão é uma virtude. Ser paciente, ou ter paciência é uma virtude. Servir, é uma virtude. Virtudes que eu tenho, mas que ainda quero desenvolver bastante as habilidades das mesmas, principalmente a competência de servir. 

E para isso eu decidir aceitar um convite para ser rotariana. Amiga do Rotary Clube de Parauapebas já alguns anos, o convite veio já faz um tempo, mas ainda não me sentia preparada para servir de forma tão dedicada e competente.

Então fiquei durante anos com desejo de fazer parte da família rotária, mas ainda sem possibilidades.

Finalmente chegou a hora. Quero fazer isso. Me sinto pronta. Quero servir como rotariana. Pois o lema principal do Rotary é esse. Dar de si, antes de pensar em si.


Para o Rotary, a humanidade é a coisa mais importante de uma pessoa. Eu devo concordar. Presente no mundo todo o Rotary Club é uma associação de profissionais que de forma voluntárias servem a suas comunidades prestando serviços sociais através do voluntariado.

Acredito que sendo rotariana vou poder desenvolver melhor minhas virtudes. Doar amor, doar meu tempo, meus serviços humanitários de forma voluntária.

Serei empossada dia 3 de julho, no Esuítes Vale dos Carajás, com a presença do Governador do Clube.
Depois conto tudo aqui sobre essa emocionante noite.

Beijinhos...
Topo