3 de outubro de 2018

Iniciando um Estilo de Vida Minimalista


Oiêe bloguetes, leitoras queridas. Pega um café☕, vamos conversar. 
Bom demais tê-las aqui comigo nesse mundo materno entrando para o minimalismo com toda a família. Resolvi escrever esse artigo para esclarecer um pouco sobre esse termo ainda pouco conhecido por muitos, o minimalismo.

As pessoas pensam que minimalismo é tendência ou apenas uma moda. Mas não é isso, o minimalismo é uma veracidade e veio pra ficar na vida de muitas famílias.

Eu acho o minimalismo tão importante por que ele concentra o tempo, a nossa energia e os recursos financeiros em aspectos mais importantes da vida. Eu vi que precisava do minimalismo na minha vida quando convivi com pessoas materialistas, que prezava muito o ter e não o ser e isso ocasionava uma desordem muito grande que acabou me afetando bastante emocionalmente. 

A “confusão da vida” pode assumir muitas formas: pertences físicos, preenchedores tecnológicos  e até relacionamentos insalubres.
Quando me vi sem nada, recomeçando do zero em todos os sentidos, de repente estava solteira ao invés de casada. Um passo para trás, em vez de começar minha nova vida.

A situação era difícil. Estava sem emprego, sem carreira e sem um companheiro. Esse era um lugar horrível para se estar. Pela primeira vez, perdi o ponto de vista e todo o entusiasmo de sair do abismo no qual eu havia caído.

Então eu me deparei com a beleza e o fascínio do minimalismo e comecei  ordenar as coisas e dar espaço apenas para aquilo que é mais importante para mim. Eu não quis e nem quero me ocupar com nada que possa me distrair do meu propósito ou sugar minha energia. Seja trabalho, relacionamentos ou outras coisas. 

Isso tem melhorado muito a aproximação com meus filhos, família e amigos. Nessa nova fase da minha vida, estou recomeçando e montando nosso apartamento com um estilo minimalista. O legal de tudo é que não estou tendo dificuldades com meus filhos, eles estão aceitando numa boa. 

Na verdade eu sempre fui muito pé no chão em relação a algumas coisas de consumo, e super exagerada em relação a outras, também relacionada ao consumismo. Hoje venho ponderando isso, me reeducando e compartilhando isso com minha família. ⚧

Escolhi viver de forma mais intencional e isso tem me feito bem. Escolhi a minha religião, pontuei algumas amizades, me concentrei naquilo que eu podia me disponibilizar como voluntária. Neste derradeiro escolhi o Rotary e também venho repensando sobre os programas que quero fazer com meus filhos.

E hoje é dia de viver intencionalmente. Espero que seu dia seja verdadeiramente cheio de intenção e bênção hoje..
❤❤

Topo