26 de junho de 2016

Geografando: Qual o seu Legado?


Olá amigos.



Meu domingo está sendo muito agradável. 
Conheci pessoas maravilhosas, verdadeiros amigos. 
Fui conhecer um projeto social muito legal e de suma importância para as pessoas que estão com vulnerabilidade social. 
O projeto consiste em retirar moradores das ruas, resgatá-los e transmitir a essas pessoas o mínimo de dignidade e cidadania. 
O responsável pelo projeto é o Pr. Fernandes.
Para a realização desse projeto, o Pr. Fernandes conheceu alguns anos um grupo de americanos que viajam alguns países realizando um projeto social e espiritual, como conta Giselle, uma das integrantes do grupo que é brasileira, mas vive hoje com seu esposo na Califórnia.


Giselle me contou que viveu em Carajás por muitos anos e conhece bem a região.
Ela trabalha no projeto Seed`s Of  Life, um projeto de evangelização que já visitou alguns países e que está com uma atenção especial para o Brasil. Cidades como Fortaleza e João Pessoa já receberam o projeto. Giselle me contou que esta já é a quarta vez que eles vem ao Brasil e que o grupo pretende focar mais suas ações nas cidades de Parauapebas, Curionópolis, Eldorado e principalmente na vila de Serra Pelada onde para o grupo se concentra uma grande pobreza.



 Aqui o pastor americano fez uma explanação muito bonita de uma passagem na bíblia no antigo testamento, quando Deus mandou maná no deserto para os hebreus. O pastor comparou a comida brasileira como o maná, pelo sabor incomparável. George que é um dos integrantes do grupo fez a tradução do inglês para o português. George, (camisa verde), mora em João Pessoa e viaja com o grupo nos projetos pelo Brasil.



 Momento de oração antes do almoço.

Meu pratinho, he, he. A comida estava mesmo deliciosa.

 Ao centro o Pr. Fernandes ladeado dos amigos que auxiliam no projeto, Alex do Novo Óleo e o americano Nils.



Marcelo, George, Maggy, Rachel, Dave, Nils, Keith, Giselle, Fernandes, Alex e André.
Grupo de pessoas que trabalham em prol do social e espiritual em Parauapebas e demais regiões.

Novos amigos.

Me sinto feliz e realizada por saber que existem pessoas que não são anjos, mas agem como se fossem. Virem de tão longe para cuidar de pessoas especiais aqui em nossa cidade.
Peço ao mestre que continue abençoando essas pessoas a continuarem a levar um pouco de esperança para as pessoas que mais precisam. Um verdadeiro legado. Esse é o deles. E o seu, qual é?


Topo