12 de fevereiro de 2016

Pedro Augusto: 1 ano e 7 meses


Meu filhote inteirou ontem, dia 11, um ano e sete meses de vida. O Pedro está cada dia mais lindo, ativo, inquieto. Percebo uma mudança brusca de comportamento. As vezes ele é tão independente, as vezes sensível querendo mais colo. São os chamados saltos de desenvolvimento e picos de crescimento. Durante os primeiros anos de vida, o desenvolvimento dos bebês é tão mais notório.  O desenvolvimento motor,  linguagem, desenvolvimento cognitivo e desenvolvimento social.
E dentro desse desenvolvimento social eu digo que o  Pedro está bem inserido. Tem as irmãs, primos, avós, enfim uma família grande. E não é só isso. Ele também iniciou na creche mês passado.  O que poderia gerar uma carência mais afetiva, não aconteceu, quer dizer, não nele, mais em mim. Sinto os papéis invertidos. Eu sinto falta dele. De dar colo, da sua presença constante. Parece bobeira, mas sinto e de uma forte forte mesmo. 
Depois vou fazer um post da rotina dele na creche. 






Topo